sexta-feira, 18 de junho de 2010

Saramago poeta

Retrato do poeta quando jovem

Há na memória um rio onde navegam

Os barcos da infância, em arcadas

De ramos inquietos que despregam

Sobre as águas as folhas recurvadas.



Há um bater de remos compassado

No silêncio da lisa madrugada,

Ondas brancas se afastam para o lado

Com o rumor da seda amarrotada.



Há um nascer do sol no sítio exacto,

À hora que mais conta duma vida,

Um acordar dos olhos e do tacto,

Um ansiar de sede inextinguida.



Há um retrato de água e de quebranto

Que do fundo rompeu desta memória,

E tudo quanto é rio abre no canto

Que conta do retrato a velha história.

(In OS POEMAS POSSÍVEIS, Editorial CAMINHO, Lisboa, 1981. 3ª edição)

7 comentários:

  1. Oi, Cidda!
    saudades de vc, menina!...
    Como disse Drummond,"não nos afastemos muito...vamos de mãos dadas!..."
    Saramago nos deixou,mas o belo que ele criou ficará eterno,encantando e cativando leitores numa perene trajetória de ficção e saudade!...
    Justa homenagem!...
    "Há um misto de saudade e de encanto
    Invadindo nossos corações e memórias
    O adeus a Saramago é uma sinfonia linda
    E não marca o fim de uma história...
    o poeta dorme!...
    E seus admiradores cantam suas glórias!..."
    Bernadete Valadares(poeta aprendiz).

    ResponderExcluir
  2. Chegamos de viagem e venho aqui só pra dizer que esse carinho danado de bom é realmente algo que faz falta.

    Beijo imenso, menina linda.


    Rebeca


    -

    ResponderExcluir
  3. Cidda,

    O retrato tem tanta vida guardada dentro dele e seu poema ficou tão intenso em cada palavra.

    Adoro essa intensidade, esse sentimento solto e inovador.

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  4. Chega final de semana e lá vem minha vontade de compartilhar coisas que acho interessantes. "Locks of love" fica na Coreia do Sul, numa torre em Seul, onde você escreve o seu nome e o nome da pessoa que você ama, coloca na cerca e joga a chave fora. E assim são as criatividades pelo mundo afora:

    Veja algumas fotos:

    http://www.flickr.com/search/?q=seoul%20tower%20love%20locks&w=all&s=int

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  5. Cidda,

    É tão bom saber que nossa escrita faz sua imaginação criar forma.

    Sempre será um prazer ter você por perto, menina linda.

    Beijo bem grandão.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  6. José Saramago foi um escritor acima de tudo coerente em relação aos seus ideais. Sua lucidez literária impressiona. Ele quase veio morar no Brasil. Uma pena!... Se tivesse morado, teria sido uma voz que incomodaria o status quo.
    Bela homenagem e ótima escolha do texto!

    ResponderExcluir
  7. Em primeiro lugar obrigada pelo carinho! Eu estavva viajando, e só vi hj 10.07. Admiro muito o seu trabalho tb., vc é espetacular. Ah estou morrendo de vontade de comer pão de queijo mineiro, franguinho com quiabo e angu. Beijos

    ResponderExcluir